top of page
  • Foto do escritorMaria Paula Coelho

Síndrome do intestino curto: meu filho pode comer por boca?

Atualizado: 9 de set. de 2021

A resposta é Sim!


Assim que a criança apresentar estabilidade e condições clínicas, a fonoaudióloga da equipe pode intervir e avaliar qual alimento e consistência são adequados para a idade da criança. É recomendado o treino da alimentação oral assim que possível, mesmo que não forneça um valor nutricional significativo.


Entendemos que o estímulo oral, mesmo que com mínimo volume, é muito importante para o desenvolvimento da oralidade e da relação com o alimento, que é construída através de experiências positivas.

Além disso a estimulação da alimentação por boca promove adaptação intestinal, estimula hormônios e secreções digestivas que favorecem o crescimento do intestino, reduz a dependência de nutrição parenteral e ajuda a construir a relação da criança com o alimento prevenindo o distúrbio alimentar pediátrico.


Os treinos e testes devem sempre estar de acordo com as orientações da nutricionista e equipe médica, respeitando as restrições alimentares da criança.


Conheça aqui outras dicas da fono!


Ficou com dúvidas? Fale com a gente :)

contato@patii.com.br



142 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page